UPE nomeia novos servidores para o seu Complexo Hospitalar

Com o objetivo de minimizar o impacto negativo causado pelo déficit de pessoal no Complexo Hospitalar da Universidade de Pernambuco  (UPE), o Governo do Estado, através da sua Secretaria de Administração (Sad), autorizou a nomeação de 60 novos profissionais para o preenchimento imediato de vagas decorrentes de vacância nos hospitais da Universidade. A relação dos nomeados foi publicada no Diário Oficial de Pernambuco de hoje (18/09).

Os servidores nomeados, em decorrência de vacância, são candidatos aprovados na portaria UPE nº 1001/2019, de 17/09/2019, para cargos do quadro efetivo de pessoal da instituição, regida pela Portaria Conjunta SAD/UPE no 045/2017, homologado pela Portaria Conjunta SAD/UPE no 038/2018.

Foram nomeados, através da portaria UPE no 1002/2019, de 17/09/2019, ainda em decorrência de vacância, dois médicos neonatologistas para lotação no Complexo Hospitalar da Universidade, referente ao concurso regido pela Portaria Conjunta SAD/UPE no 24/2017 de 07 de abril de 2017 e Homologada pela Portaria Conjunta SAD/UPE no 061/2017 de 16 de agosto de 2017.

Para o Reitor da UPE, Prof. Pedro Falcão, a autorização é muito importante. “Tendo em vista a atual necessidade do complexo hospitalar da Universidade a liberação para nomeação é uma grande demonstração da importância da UPE para o Governo do Estado. Precisamos agradecer o apoio constante da secretaria de Administração, Marília Simões Lins. Sem o seu empenho não teríamos conseguido essas nomeações”, ressaltou. A conquista é decorrente de negociação direta entre a UPE e o Governo, através da Sad.

Confira a publicação.